The Circle em Zurique, Suíça

Aeroporto verde. Atingindo novos recordes

Quem chegar ao The Circle (antes de ir de férias, por exemplo) seria desculpado por pensar que está no centro de uma cidade e não num aeroporto. The Circle é um empreendimento moderno que abriga lojas, bares e restaurantes, escritórios de empresas internacionais e um centro de congressos para 2.500 convidados. Dois hotéis Hyatt e uma clínica ambulatorial administrada pelo Hospital Universitário de Zurique completam as comodidades oferecidas neste centro movimentado, onde os 30 000 m2 de espaço originalmente disponível foram agora multiplicados. Este conceito é conhecido como construção de alta densidade, onde cada metro cúbico é valioso e pode ser usado de várias maneiras.

Dando um bom uso à água cinza

Além do seu conceito de uso moderno e flexível e visual contemporâneo, The Circle também atende a outro requisito essencial na sociedade moderna: a sustentabilidade. Aberto ao público desde novembro de 2020, The Circle estabelece novos parâmetros desde uma perspetiva ecológica. Como resultado, o novo edifício recebeu a mais alta classificação LEED Platinum do US Green Building Council. O desenvolvimento moderno também se tornou o maior projeto de construção a ser certificado de acordo com as diretrizes da Swiss Minergie até ao momento.

Entre outros aspetos, a manipulação da água contribui para a avaliação positiva do ciclo de vida do complexo edificado. Graças às torneiras que economizam água e ao uso da água da chuva como água cinza, The Circle requer apenas cerca de metade da quantidade de água potável vista em edifícios normais. Cerca de 85% das casas de banho do prédio utilizam água cinza. A Geberit contribui para este conceito com o sistema de drenagem do telhado Pluvia e o sistema de canalização com isolamento acústico Silent-db20.

Verde no coração

No entanto, o coração verde do Círculo pode ser encontrado acima de tudo na rede de energia para o fornecimento de calor e refrigeração. Das 1.150 estacas na fundação, 850 foram projetadas como estacas de energia. No verão, estas transportam o excesso de calor para o subsolo, onde este é armazenado como energia. No inverno, esse calor pode ser usado para aquecer o edifício. A energia externa na forma de eletricidade só é necessária para o funcionamento das bombas de calor e unidades de refrigeração. Parte da eletricidade também é gerada a partir da energia solar, com painéis solares instalados em todas as superfícies de telhado adequadas.

The Circle não é apenas verde no coração, mas também tem o seu próprio pulmão verde, com 80 000 metros quadrados de floresta, prados e pântanos transformados num parque de aeroporto onde viajantes e residentes podem descontrair e relaxar no coração da natureza.

Imagens