Com o objectivo de disponibilizar-lhe um ótimo serviço, esta página de internet utiliza cookies. Ao visitar a nossa página de internet, expressa o seu consentimento para esta característica. Para mais informações consulte, por favor, a nossa Declaração de privacidade de dados.

OK

"Sempre que tive dúvidas sobre a minha carreira, recebi apoio e aconselhamento."

Menno Portengen, director-geral

Geberit B.V., Países Baixos

Nos tempos de estudante, trabalhei para o meu pai numa oficina de pneus e como representante de vendas para uma pequena empresa de poliéster. Então, ainda não conhecia a Geberit. Depois de concluir os estudos, demorei vários meses a perceber o que queria fazer profissionalmente. Foi durante esta fase em 1990 que recebi uma oferta da Geberit para fazer um estágio.

Graças à minha experiência, conhecia bem o fabricante de pneus Michelin, um grande grupo internacional com muitas oportunidades de carreira. Pareceu-me que, com a Geberit era semelhante. Foi esse o ímpeto para optar por esta empresa. Pouco tempo depois de começar a trabalhar na Geberit, tornei-me colaborador do serviço externo e, mais tarde, fui promovido a consultor técnico. Em 1998, integrei o conselho de administração e, três anos mais tarde, fui nomeado director-geral para os Países Baixos.

O que adoro no meu trabalho, acima de tudo, são as funções muito exigentes e de elevada responsabilidade que a nossa Empresa nos oferece. A minha posição inclui, em proporções ideais, tarefas de gestão e de contacto com o cliente e o estrangeiro. A cultura empresarial é notável e apoia-me, pelo que posso juntar equipas que implementam os meus projectos com sucesso.